Reformas de base em compasso de espera…

Tratamento diferenciado chega ao seu limite ético no jornalismo que apoiou o golpe em 1964 e se aventura à potencializar a desinformação, como culto à sua liberdade absoluta de expressar mandamentos esquecidos rotineiramente.
Lobby, cartel, razões de Estado, sigilo escondem sempre seus aliados e anunciantes, quais sejam: bancos, empreiteiras, laboratórios, agronegócio, transportadoras, etc… Tráfico de influência ou corrupção ativa com amparo fiscal e judicial, em troca dos esquecimentos silenciosos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s